Sem ti


Sem ti

Não sei quem sou.

Sou um dia que passou.

 

Sem ti

Não enxergo a luz.

Como Cristo carrego a cruz.

 

Sem ti

Verso somente sofrimento.

Sou réu culpado sem julgamento.

 

Sem ti

Fico aflito.

Amar-te é o meu delito.

 

Por isso…

 

Senti

A tua ausência.

Perdi a paciência.

 

Senti

A dor.

Só solidão no puro ardor.

 

Senti

Que vivia na pobreza.

Fui rico apenas na tristeza.

 

Senti

Que estava só.

Olhei-me no espelho e tive dó.

 

Por isso…

 

Sem ti

Senti.

Senti como ninguém.

 

Senti

Que sem ti

Sou ninguém.

Paulo Rogério da Motta


Sugestão musical para a poesia

A Great Big World e Christina Aguilera – Say Something


Deixe uma resposta