Anjos escondidos em ossos humanos


Anjos escondidos em ossos humanos: reflexões a partir do filme: Escrevendo uma nova vida.

Os anjos se escondem nas ações humanas.


Filme: Escrevendo uma nova vida

Título original: The Letter Writer

Ano: 2011


Anjos escondidos em ossos humanos

Há momentos na vida em que parece haver a presença de um anjo e a partir deste momento ou presença tudo muda!

São momentos em que se é possível sentir que se está bem próximo do que chamamos de Deus.

Pessoas que com sua presença e ação abençoam um momento de vida são anjos escondidos em ossos humanos como canta Maggy  (Aley Underwood) no filme: Escrevendo uma nova vida. Você pode ouvir a música abaixo.

O filme me levou a algumas reflexões…

O ser humano é um ser incrível!

O ser humano é tanto capaz das mais nefastas ações como das mais sublimes realizações.

Podemos recorrer à história do mundo ou mesmo à história de nossas vidas para constatar tal afirmação.

Lembre-se agora de um momento em que você foi tocado por alguém que foi anjo para você. Pode ser a presença de uma antiga professora, um sorriso de um desconhecido na rua, o momento acolhedor no colo da avó…

Se você se lembrou de alguém significa que este alguém lhe tocou, marcou sua memória e vida.

Esta lembrança revivida agora é algo que não se perdeu no tempo e isto é o que chamamos de eternidade.

E, assim como fomos tocados por anjos, também podemos ser os anjos que tocam vidas alheias.

Um anjo pode se expressar através de seu sorriso, de palavras escolhidas pelo seu coração, do brilho nos olhos nascido da luz de sua alma…

Porém, dentro do ser humano há demônio e anjo, céu e inferno.

Em meu livro: Nascer para sonhar, escrevi:

O ser humano, por vezes, o canibal de si mesmo e pelo fato de não enxergar-se engole a sua história, desvia-se do seu destino e cria a sua sina. Engole-se.

Não que haja a falta de luz, o que há são apenas olhos fechados.

Aos anjos o céu. Aos demônios o inferno. No homem os dois.

Isto é, na liberdade humana residem as ações de demônio e anjo.

Cabe a cada um escolher qual caminhará pela Terra usando seus pés!

Paulo Rogério da Motta


Música do filme:

Aley Underwood – Angel Bones


 

Deixe uma resposta